SEJA BEM-VINDO.

Este é um blogue humilde.

Espero, que se sinta bem, aqui.



Nem sempre o dia amanhece, igual

E, então, a nossa Alma, por tal

Reflete a luz de modo diferente

O importante é olhar o mundo

E tentar entender o seu profundo

E caricato modo de moldar a gente





Espero, que aprecie os momentos, que

estiver, aqui, e que esse seja um motivo,

para que volte.





POR FAVOR, DEIXE OS COMENTÁRIOS NOS POEMAS, APENAS.

CASO CONTRÁRIO ACABARÃO, POR PERDER-SE, AQUANDO DA

RENOVAÇÃO DO BLOGUE



apsferreira



sexta-feira, 4 de março de 2011

Miminho

Ai, minha querida...
como me apetecia dar-te beijinhos
por todos os lados e cantinhos
e, com força, te abraçar...
Fazer-te tantos miminhos
sorrir-te e a olhar, em teus olhinhos,
a tua face acarinhar

E à minha a encostar...

Olhar, directo, em teus olhinhos
e quando os visse a piscar,
sentindo uns tais arrepios,
com a tua face, entre as minhas mãos a, a segurar
beijar esses teus lábios, tão macios
tão doces, tão fofinhos
do modo como, há tanto, ando a desejar

apsferreira

2 comentários:

Susan disse...

Que lindo desejo de amar e cobrir o ser amado de carinho ...
Beijos
Susan

EU disse...

O uso dos diminutivos expressa a ternura, o carinho...Belo poema, pela doçura...:)