SEJA BEM-VINDO.

Este é um blogue humilde.

Espero, que se sinta bem, aqui.



Nem sempre o dia amanhece, igual

E, então, a nossa Alma, por tal

Reflete a luz de modo diferente

O importante é olhar o mundo

E tentar entender o seu profundo

E caricato modo de moldar a gente





Espero, que aprecie os momentos, que

estiver, aqui, e que esse seja um motivo,

para que volte.





POR FAVOR, DEIXE OS COMENTÁRIOS NOS POEMAS, APENAS.

CASO CONTRÁRIO ACABARÃO, POR PERDER-SE, AQUANDO DA

RENOVAÇÃO DO BLOGUE



apsferreira



quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Ao amor, que me ilumina a vida - I

Como chora o meu coração.
É uma tristeza, que eu já a conheço
Tantas vezes, que eu já a senti...
Tantas vezes, que dela eu padeço
Tantas vezes, que ela me consome
Sem compaixão...
Tantas vezes, que ela aperta-me o coração
Esta fome, que eu sinto de ti

apsferreira

Um comentário:

Elayne C.A. disse...

Busque novos horizontes, busque alguém que te ama, busque um amor sólido! É o que busco desde então..algo realizável e menos platônico. Bjos e boa sorte!