SEJA BEM-VINDO.

Este é um blogue humilde.

Espero, que se sinta bem, aqui.



Nem sempre o dia amanhece, igual

E, então, a nossa Alma, por tal

Reflete a luz de modo diferente

O importante é olhar o mundo

E tentar entender o seu profundo

E caricato modo de moldar a gente





Espero, que aprecie os momentos, que

estiver, aqui, e que esse seja um motivo,

para que volte.





POR FAVOR, DEIXE OS COMENTÁRIOS NOS POEMAS, APENAS.

CASO CONTRÁRIO ACABARÃO, POR PERDER-SE, AQUANDO DA

RENOVAÇÃO DO BLOGUE



apsferreira



quinta-feira, 14 de abril de 2011

O Homem e o Passarinho

Cantava, o passarinho, e encantava
Todo um mundo, coitadinho,
Pois, que um homem, que por ali passava
Que também se encantava
Cobiçava o pobre passarinho

Ele só pensava, como o poderia agarrar,
Aquele passarinho, que o encantava
E esperava ter uma oportunidade, o mariola
E, quanto mais ele o encantava,
Mais ele sonhava metê-lo, numa gaiola

Quis, então, o sarcástico destino
Para desatino do passarinho
Que, por acidente, ele partisse uma asa
E logo o homem, que era fino
Se prontificou a cuidar dele, em sua casa

Desfez-se, em mil cuidados, o homem
Que ao passarinho foram dados
De alma aberta e com total dedicação
Enquanto, que o coração do passarinho, também,
Ia-se inundando de gratidão

Assim, lá foi ficando o passarinho, que cantava
Tal, como o homem que se encanta
Com sua tanta, pronta e constante dedicação
Mas o pobre passarinho não voava
Pois, o homem logo deitava-lhe a sua forte mão

Cantava o passarinho, mas sufocava
E tentava se convencer
Que ali deveria permanecer, indefinidamente
Pois, que o homem, que o salvara
Do seu cantar se via dependente

Já pouco cantava, o passarinho, desmotivado
Pois, sentia-se embalado, em tristeza
Quando, na sua certeza, via o sol lá fora tão brilhante
Questionava-se sobre aquela sua gratidão
Pois, que sonhava que também voava, a cada instante

É, que para infelicidade do pobre passarinho
Enredaram-se os sentimentos
Paixão e gratidão, com acuidade
O homem que lhe fizera aquela boa acção
Agora, usurpava-lhe toda a sua liberdade

apsferreira

O Homem e o Passarinho - Poemas sociais - Poemas e Frases - Luso-Poemas

O Homem e o Passarinho | WAF

Um comentário:

Susan disse...

Amigo que texto lúdico e cheio de vida e realidade ...
Gostei muito !!!
Beijos