SEJA BEM-VINDO.

Este é um blogue humilde.

Espero, que se sinta bem, aqui.



Nem sempre o dia amanhece, igual

E, então, a nossa Alma, por tal

Reflete a luz de modo diferente

O importante é olhar o mundo

E tentar entender o seu profundo

E caricato modo de moldar a gente





Espero, que aprecie os momentos, que

estiver, aqui, e que esse seja um motivo,

para que volte.





POR FAVOR, DEIXE OS COMENTÁRIOS NOS POEMAS, APENAS.

CASO CONTRÁRIO ACABARÃO, POR PERDER-SE, AQUANDO DA

RENOVAÇÃO DO BLOGUE



apsferreira



segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Esperança

Ó arvore que te viste podada...
E que, de ti, só o teu tronco restou
Da tua folhagem não resta mais nada...
Até, a tua mais bela flor, no chão, malhou
Agora, esperas, serena, pela madrugada...
Por, quando o Sol começar a te aquecer
Pois, por os seus raios, irás ser abençoada...
Desde manhã até ao anoitecer
A noite recolher-se-á, pela calada...
Enquanto rompe, brilhante, o amanhecer
Que, logo, irá derreter a geada...
E te fará, de novo, florescer.

apsferreira

Esperança - Poemas de esperança - Poemas e Frases - Luso-Poemas

2 comentários:

maria gorete disse...

Poema forte e que faz refletir na própria vida,no renascer de cada diae de cada ser humano que trás consigo o desejo do novo e que não desanima com o que ficou para trás, mas que trás consigo a verdadeira esperança do novo que renasce a dia...lindo...beijos meu querido.

Susan disse...

que lindo poema , a esperança nasce e floresce como a flor como a árvore que espera a primavera chegar ....
Beijos
Susan