SEJA BEM-VINDO.

Este é um blogue humilde.

Espero, que se sinta bem, aqui.



Nem sempre o dia amanhece, igual

E, então, a nossa Alma, por tal

Reflete a luz de modo diferente

O importante é olhar o mundo

E tentar entender o seu profundo

E caricato modo de moldar a gente





Espero, que aprecie os momentos, que

estiver, aqui, e que esse seja um motivo,

para que volte.





POR FAVOR, DEIXE OS COMENTÁRIOS NOS POEMAS, APENAS.

CASO CONTRÁRIO ACABARÃO, POR PERDER-SE, AQUANDO DA

RENOVAÇÃO DO BLOGUE



apsferreira



domingo, 30 de janeiro de 2011

Entre as cinzas, uma rosa

Nas tranças das minhas lembranças
Por entre as cinzas, de uma vida
Sinto o perfume de uma rosa
Uma rosa no amor parida.
Porque é rosa sempre viçosa
É brasa ardente, em cinzas frias

Vi-a nascer, em meu coração
Já lá vão tantos, tantos dias
Alimentou-a a saudade
Que lhe garantiu a vitalidade.
Rosa viçosa, tu és tão formosa
Trouxe-te o tempo, por sua mão

Venham os ventos, em tufão
Ou mesmo a chuva, caprichosa
Serás sempre rosa, sempre formosa
Outra, eu nunca ouvi, assim.
Irei pegar-te, com a minha mão
E plantar-te, em meu jardim

apsferreira

4 comentários:

Silviah Carvalho disse...

Olá Albano, até que enfim te achei de novo, fiz alguma no meu blog e sumiu todo mundo, mas já recuperei,
Este poema é lindo, sensibilidade de quem ama.
Beijos.
Obs. vi um titulo, mas encontrei o post'.

maria gorete disse...

Que poema lindo de amor!Deixa lindo eu ser sua rosa e assim me pegar e plantar no seu jardim,vida...lindo,lindo,lindo!!!Beijos.

Susan disse...

Que poema Lindo Albano !!!!
de uma sutileza ao dizer quanto ama tua rosa ,sempre tão formosa ....
Lindo lindo lindo !!!!
Beijos
Susan

Zaza Rib disse...

Nas tranças das minhas lembranças
Por entre as cinzas, de uma vida...

Adorei o baú de lembranças nas traças, além do poema ter uma beleza romântica maravilhosa, é cheio de uma imaginação viçosa....

abs amigo.