SEJA BEM-VINDO.

Este é um blogue humilde.

Espero, que se sinta bem, aqui.



Nem sempre o dia amanhece, igual

E, então, a nossa Alma, por tal

Reflete a luz de modo diferente

O importante é olhar o mundo

E tentar entender o seu profundo

E caricato modo de moldar a gente





Espero, que aprecie os momentos, que

estiver, aqui, e que esse seja um motivo,

para que volte.





POR FAVOR, DEIXE OS COMENTÁRIOS NOS POEMAS, APENAS.

CASO CONTRÁRIO ACABARÃO, POR PERDER-SE, AQUANDO DA

RENOVAÇÃO DO BLOGUE



apsferreira



sábado, 22 de junho de 2013

Cada Um Por Si

Não sei se já reparaste
Que a onda do mar
Briga com as pedras
Até espumar
E que as gaivotas
Todas janotas
Sem se importar
Passam a rasar
E a dar cambalhotas

Não sei se já viste
Que a onda bate e insiste
Enquanto a gaivota
Sobre ela voa, numa boa
Sempre à cambalhota
Brincando a sobrevoa
E nunca desiste

apsferreira

Um comentário:

Filipe Campos Melo disse...

Invulgar sonoridade num jogo de palavras bem construído com um traço de humor em simbolismo

Abraço