SEJA BEM-VINDO.

Este é um blogue humilde.

Espero, que se sinta bem, aqui.



Nem sempre o dia amanhece, igual

E, então, a nossa Alma, por tal

Reflete a luz de modo diferente

O importante é olhar o mundo

E tentar entender o seu profundo

E caricato modo de moldar a gente





Espero, que aprecie os momentos, que

estiver, aqui, e que esse seja um motivo,

para que volte.





POR FAVOR, DEIXE OS COMENTÁRIOS NOS POEMAS, APENAS.

CASO CONTRÁRIO ACABARÃO, POR PERDER-SE, AQUANDO DA

RENOVAÇÃO DO BLOGUE



apsferreira



quinta-feira, 12 de agosto de 2010

A Deliciosa Mistura

De Álbum geral
(Fotografia de Hugo Pato)



Mistura-se a água, com o sorriso
Uma mistura, que a vida depura
Uma delícia de tirar o siso
Nascida na alegria da alma, mais pura

E à pura transparência de essa Alma
No mais profundo do reflexo, dos raios da luz
Junta-se um amor, que no mundo tanto se aclama
Aquele amor, que crepita, em viva chama
E que, às gentes, tanto é preciso

Ah, mas que deliciosa mistura, que é esta...
Que, tão raramente, na vida, se produz
Só, quando a simplicidade é a própria vida, em festa
Assente na alegria, na água e na luz

Simplicidade, tão pura, que a própria vida contesta...
Pois, que ela é a beleza genuína - esta simplicidade, quando perdura.

apsferreira

2 comentários:

susana aida disse...

Bela mistura esta linda fotografia com este belíssimo poema.

Vallentine (poetisa menor) disse...

Olá poeta...

Prazer em conhecê-lo.
E estar aqui consigo, e ler alguns poemas seus, e este aqui, em especial, tão verdadeiro e ao mesmo tempo sutil e leve.


vallentine (poetisa menor)