SEJA BEM-VINDO.

Este é um blogue humilde.

Espero, que se sinta bem, aqui.



Nem sempre o dia amanhece, igual

E, então, a nossa Alma, por tal

Reflete a luz de modo diferente

O importante é olhar o mundo

E tentar entender o seu profundo

E caricato modo de moldar a gente





Espero, que aprecie os momentos, que

estiver, aqui, e que esse seja um motivo,

para que volte.





POR FAVOR, DEIXE OS COMENTÁRIOS NOS POEMAS, APENAS.

CASO CONTRÁRIO ACABARÃO, POR PERDER-SE, AQUANDO DA

RENOVAÇÃO DO BLOGUE



apsferreira



segunda-feira, 11 de outubro de 2010

O Moribundo

Hoje morreu uma metade, de mim
A outra metade está agonizante
Nada vejo ao perto, ou no distante
Eu nunca senti um tal vazio, assim

Em minha volta, a luz das velas
Ao fundo vejo o teu semblante
Em tua mão a minha vida restante
Na outra seguras as minhas mazelas

Diz-me, o meu âmago, que na vida, doravante
O meu viver será um viver vegetante
O viver de um corpo, que perdeu a sua alma

Ó Destino, que me lançaste nesta ignóbil calma
A minha vida tu abarbataste-a de modo rompante
E tudo o mais que ela tinha de bom e de interessante

apsferreira

6 comentários:

Elayne C.A. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Elayne C.A. disse...

Não fique assim, vai passar Albano, tua dor vai passar. Também tenho vivido dias difíceis, mas creia que Deus é soberano. Um beijo!

maria gorete disse...

Boa noite poeta Albano.Você é o poeta dos sentimentos,cada vez que leio seus poemas fico encantada,me faz pensar,sentir...parabéns...beijos no seu coração.

Susan disse...

Albano versos fortes e tristes ,sobre as metades de um ser dilacerados de dor .
Abraços
Susan

celina vasques disse...

Uma das coisas que mais gosto na vida é de ouvir e tocar piano!
Igualmente à poesia...gosto de tocar, compondo versos, a musica acalma minh'alma!
Adoro ler também os poemas, versos, textos de outros Poetas, sinto-me bem assim e às vezes fico horas a fio lendo...
Parabéns pelo blogger lindo, pelos textos, maravilhosos e pela alma poetica que possues!

celina vasques disse...

Adoro essa musica querido Albano poeta!
Gostei demais do teu blogger também.
De humilde nada tem pois possui uma joia rarissima que são teus escritos!
Beijos meus com afeto!