SEJA BEM-VINDO.

Este é um blogue humilde.

Espero, que se sinta bem, aqui.



Nem sempre o dia amanhece, igual

E, então, a nossa Alma, por tal

Reflete a luz de modo diferente

O importante é olhar o mundo

E tentar entender o seu profundo

E caricato modo de moldar a gente





Espero, que aprecie os momentos, que

estiver, aqui, e que esse seja um motivo,

para que volte.





POR FAVOR, DEIXE OS COMENTÁRIOS NOS POEMAS, APENAS.

CASO CONTRÁRIO ACABARÃO, POR PERDER-SE, AQUANDO DA

RENOVAÇÃO DO BLOGUE



apsferreira



sexta-feira, 12 de março de 2010

Ajudem-me, a explicar

Eu não sei explicar,
O desassossego de minha alma,
E, porque a tua presença, a acalma...

Eu não sei explicar,
Esta ânsia, que eu sinto, de ti
E, de um amor, que eu nunca vivi.

Eu não sei explicar,
Esta ânsia, que eu sinto, de te tocar...

Eu não sei explicar...

Quando eu olho, para ti,
Eu convenço-me, de que eu nunca vivi.

Eu não sei explicar...

apsferreira

Um comentário:

Fátima disse...

O que sentes é emoção…
um desassossego que não tem explicação…
só pode ser paixão!


Bjinhos ;-)